Amamentação: Fundamental para a mamãe e o bebê

Pilates RJ - Estúdio Pilates André Lima - Centro

Na semana mundial do aleitamento materno, nada melhor que falarmos sobre o assunto. Muitos já devem ter ouvido falar dos benefícios da amamentação, então vamos aproveitar para esclarecer algumas dúvidas e curiosidades sobre esse assunto tão importante. A grande maioria das mulheres pode e deve amamentar seu filho ainda na sala de parto. Estudos afirmam que a ligação entre mãe e bebê começa logo no primeiro contato pele a pele. Ao sentir o cheiro e o carinho da mãe nos primeiros minutos de vida, o vínculo entre ambos começa a ser estabelecido.

Desde 1991, a Organização Mundial de Saúde (OMS) em associação com a UNICEF, tem dedicado um esforço mundial no sentido de proteger, promover e apoiar o aleitamento materno. As recomendações da Organização Mundial de Saúde relativas à amamentação são as seguintes:

  • As crianças devem fazer aleitamento materno exclusivo até os 6 meses de idade.
    Ou seja, até essa idade, o bebê deve tomar apenas leite materno e não deve ser oferecido nenhum outro alimento complementar ou bebida
  • A partir dos 6 meses de idade todas as crianças devem receber alimentos complementares (sopas, papinhas,etc) e manter o aleitamento materno.
  • As crianças devem continuar a ser amamentadas, pelo menos, até completarem os 2 anos de idade.

 

O apoio a amamentação deve acontecer desde a gestação. A futura mamãe deve buscar orientações e esclarecer dúvidas para que esse momento seja o mais tranquilo possível. Toda novidade oferece dúvidas, medos e desafios, porém saiba que todo o seu esforço será recompensado. A amamentação promove inúmeros benefícios tanto para o bebê quanto para a mamãe.

Para o bebê:

  1. Contribui para formação do sistema imunológico.
  2.  Previne alergias, obesidade e intolerância ao glúten.
  3. Fácil de ser digerido, provoca menos cólicas.
  4. Os bebês que são amamentados têm o quociente de inteligência 2,6 pontos maior do que aqueles não amamentados.
  5. A sucção ajuda no desenvolvimento da arcada dentária.

Para a mamãe:

  1. Reduz as hemorragias pós-parto e o risco de anemia.
  2. Ajuda a retornar ao peso anterior a gestação.
  3. Diminui o risco de desenvolver câncer de mama.
  4. Aumenta a auto estima , sensação de bem estar e confiança.
  5. Contribui para o atraso da ovulação, ajudando a evitar nova gestação.
  6. Reforça a ligação emocional entre mãe e bebê.
  7. Você sabia que além de influenciar na saúde, a amamentação está ligada direta e indiretamente com a economia e o meio ambiente?

O IFBAN ( Rede Internacional em Defesa do Direito de Amamentar) – www.ifban.org.br – publicou nessa semana dados interessantes sobre o assunto:

  1. Adultos que foram amamentados quando criança têm melhores condições financeiras do que aqueles que não foram amamentados.
  2. As famílias em todo o mundo gastam cerca de US$54 bilhões todo ano para comprar fórmula infantil (leite artificial).
  3. A não amamentação está associada a perdas econômicas em cerca de US$302 bilhões por ano.
  4. A produção e o uso de leite artificial gera emissões de gases de efeito de estufa que acelera o aquecimento global e também produzem poluição e emissão tóxica do lixo eliminado.
  5. Cerca de 720 toneladas de leite em pó vendidos anualmente em 6 países asiáticos gerou quase 2,9 milhões de tonelada de gases de efeito de estufa.

Para uma amamentação saudável e tranquila, mantenha sua saúde física e mental em dia e retorne as atividades físicas assim que o seu médico liberar. A produção de leite depende não só da natureza em si, mas também dos hábitos da mãe. Nesse período a ingestão de bastante líquido, assim como alimentação balanceada, sem gordura e exageros é fundamental. Evite estresse e sempre que possível dedique um tempo do seu dia para o descanso e lazer. Quando houver dúvidas procure o seu obstetra ou um banco de leite mais próximo e lembre-se: Amamentar é um ato de amor.

Drª Thayanna Alves

Ginecologia e Obstetrícia

CRM 52964786

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *